Helicóptero de ministro alemão é atacado no Afeganistão

O helicóptero que transportava o ministro da Defesa da Alemanha, Karl-Theodor Zu Guttenberg, se viu sob fogo cruzado durante uma recente visita surpresa às tropas no Afeganistão, informou hoje o ministro. Nenhum dos três helicópteros que participavam do comboio foi atingido durante o ataque, que ocorreu na última sexta-feira (dia 13) pela manhã, depois de o ministro ter visitado soldados alemães estabelecidos ao norte de Kunduz.

AE, Agencia Estado

15 Novembro 2009 | 17h10

Na viagem de três dias, sua primeira à região, Zu Guttenberg se encontrou com o presidente do Afeganistão Hamid Karzai e com o ministro do Exterior Abdul Rahim Wardak. O ministro alemão também se encontrou com o general norte-americano Stanley McChrystal, comandante das forças internacionais no Afeganistão.

No segundo dia da visita, Berlim anunciou que poderá enviar mais 120 soldados para o Afeganistão para se juntarem ao contingente de 4.300 já instalado no país. Os soldados alemães devem desembarcar em Kunduz em meados de janeiro do ano que vem. O parlamento alemão limitou em 4.500 o número de soldados que pode ser enviado como parte da missão ao Afeganistão, medida altamente impopular no país. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.