Khaled Elfiqi/Efe
Khaled Elfiqi/Efe

Helicóptero deve levar Mubarak para o Cairo, diz TV

Ex-presidente foi internado ontem após sofrer enfarte

estadão.com.br,

13 de abril de 2011 | 08h08

CAIRO - A rede de TV Al Jazeera informou nesta quarta-feira, 13, que um helicóptero das Forças Armadas aterrissou perto de um hospital no balneário egípcio de Sharm el-Sheikh, onde o ex-presidente Hosni Mubarak está internado para levá-lo ao Cairo.  

 

Veja também:

especialInfográfico: A lenta agonia de Hosni Mubarak

blog Cronologia: O dia a dia da crise egípcia

video TV Estadão:  Alegria nas ruas do Cairo

blogArquivo: A Era Mubarak nas páginas do Estado

lista Perfil: 30 anos de um ditador no poder

especialInfográfico:  A revolta que abalou o Oriente Médio

A rede de TV citou testemunhas, mas não deu mais detalhes. A informação não pode ser imediatamente confirmada, segundo a Reuters.

Uma fonte da área de segurança havia afirmado mais cedo que Mubarak deveria permanecer onde estava depois de ter recebido ordem de prisão para investigações.  

 

Ontem, 12, Mubarak foi hospitalizado após sofrer um enfarte. O ex-presidente está internado no Hospital de Sharm el-Sheikh.  Médicos do hospital não deram informações sobre a internação de Mubarak, mas afirmaram que o Ministério da Saúde irá divulgar um comunicado oficial em breve.

 

Segundo a BBC,  o Ministério Público do Egito ordenou a detenção por 15 dias de Mubarak e de seus dois filhos, Alaa e Gamal, em meio a investigações sobre corrupção e violações dos direitos humanos por parte de seu governo, entre 1981 e 2011.

 

O ex-presidente e sus filhos foram convocado pelo procurador-geral egípcio, Abdel Maguid Mahmud, para depor sobre sua participação em ataques a manifestantes durante protestos pacíficos no dia 25 de janeiro deste ano, por abuso de poder e também por conseguir comissões e benefícios econômicos.

 

Mubarak, sua esposa e seus filhos estão proibidos de deixar o Egito e os bens da família foram congelados, como parte das investigações.

 

 

Com Reuters, Efe

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOMUBARAKCAIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.