Helicóptero dos EUA bombardeia casamento; 40 mortos

Um helicóptero americano disparou contra uma festa de casamento no Iraque, matando mais de 40 pessoas, dizem autoridades iraquianas. Os militares dos EUA afirmam que o episódio encontra-se sob investigação. O tenente-coronel Ziyad al-Jbouri, vice-chefe de polícia da cidade de Ramadi afirma que entre 42 e 45 pessoas foram mortas no ataque, que ocorreu por volta das 2h45 da madrugada, perto da fronteira com Síria e Jordânia. Entre os mortos haveria 15 crianças e 10 mulheres. O médico Salah al-Ani, do hospital de Ramadi, diz que há 45 mortos. Um teipe obtido pela Associated Press TV News mostra um caminhão carregado com os corpos das supostas vítimas do disparo. Mais de dez cadáveres, um decapitado, podem ser vistos. Iraquianos entrevistados no vídeo dizem que convidados da festa atiraram para o alto, num tipo de comemoração tradicional no mundo árabe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.