Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Helicóptero etíope é derrubado em confrontos em Mogadíscio

Foguetes lançados por insurgentes derrubaram um helicóptero etíope durante confrontos ocorridos nesta sexta-feira, 30, em Mogadiscio, capital da Somália.Os choques, que ocorrem esporadicamente desde a última quinta-feira, 30, se intensificaram a partir das 10h (4h em Brasília), especialmente nos arredores do Palácio Presidencial.Durante os confrontos, um foguete derrubou o helicóptero noaeroporto de Mogadíscio. Ainda não se sabe quantas pessoas estavam a bordo e qual o seu estado.As forças etíopes e do governo provisório da Somália estavamatacando com morteiros vários pontos da cidade. Os choques jádeixaram cerca de setenta mortos.O correspondente da Efe contou os corpos de 18 soldados somalis espalhados pelas ruas de Mogadíscio. Também havia outros 45 corpos, que podem ser de combatentes o civis.Os soldados etíopes e do governo provisório enfrentam na capitalcombatentes islâmicos e milicianos do clã Hawiye, o mais importante de Mogadiscio.ConfrontosNa última quinta-feira, 29, soldados somalis e seus aliados etíopes utilizaram helicópteros e tanques para bombardear supostas posições rebeldes, matando pelo menos dez pessoas.Muitos moradores das regiões atacadas fugiram. Testemunhas disseram ter visto rebeldes islâmicos arrastando o cadáver de um soldado pelas ruas.A operação militar é uma ofensiva de três dias com o objetivo de restaurar a ordem em Mogadiscio antes da retirada dos soldados etíopes do país.A Somália afundou no caos a partir de 1991, quando senhores da guerra derrubaram o ditador Mohamed Siad Barre e depois voltaram-se uns contra os outros. Desde então, o país encontra-se sem um governo central.No ano passado, rebeldes islâmicos tornaram-se a primeira força a consolidar domínio sobre Mogadiscio em 15 anos. Em dezembro de 2006, soldados somalis apoiados por tropas etíopes assumiram precariamente o controle da cidade. Desde então, choques entre rebeldes e forças da Somália e da Etiópia ocorrem quase diariamente em Mogadiscio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.