Helicóptero israelense ataca Belém e mata 3

Um helicóptero israelense disparou mísseis contra uma chácara em Belém, matando três pessoas, entre elas dois ativistas do grupo militante islâmico Hamas, informaram fontes palestinas. Segundo militares israelenses, o ataque visava eliminar um líder do Hamas que planejava "um grande ataque" contra Israel. Em resposta ao ataque israelense, os palestinos atiraram contra o helicóptero, mas não conseguiram atingir o aparelho. As vítimas foram identificadas como Omar Saadeh, Mohammed Saadeh, e Taha Aruj. Omar e Taha eram importantes dirigentes do Hamas. Uma quarta pessoa foi hospitalizada e está em estado grave, segundo fontes médicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.