Fedor Leukhin / Creative Commons BY-SA 2.0
Fedor Leukhin / Creative Commons BY-SA 2.0

Helicóptero militar russo cai na Síria e dois pilotos morrem

Queda é a segunda sofrida este mês pelo agrupamento aéreo russo na Síria

O Estado de S.Paulo

08 Maio 2018 | 04h43

MOSCOU - Um helicóptero militar russo Ka-52, que cumpria uma missão no leste da Síria, caiu e seus dois pilotos morreram, informaram nesta terça-feira, 8, os veículos de imprensa locais, citando uma nota emitida na segunda-feira, 7, à noite pelo Ministério da Defesa da Rússia.

"Dados preliminares indicam que a causa do acidente pode ter sido uma falha técnica", diz o comunicado oficial, acrescentando que grupos de resgate evacuaram os corpos dos pilotos do Ka-52, sem especificar quando o avião caiu. De acordo com o jornal "Kommersant", o helicóptero caiu na noite do domingo, 6, e pode ter sido derrubado por radicais islâmicos com um foguete terra-ar.

O Ka-52 "Cayman" é um helicóptero de ataque, altamente manobrável e capaz de operar em condições climáticas adversas, tanto de dia quanto de noite.

+ Helicóptero de combate cai na Síria e mata dois militares russos

+  Ataque à Síria: tudo o que você precisa saber

A queda deste helicóptero é a segunda sofrida este mês pelo agrupamento aéreo russo na Síria: no último dia 3 um caça su-30SM caiu em águas sírias, causando a morte de seus dois pilotos. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Síria [Ásia] Rússia acidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.