Helicóptero resgata alpinista italiano do K2

O Exército paquistanês informou que um helicóptero resgatou hoje um alpinista italiano no K2, onde 11 montanhistas morreram após uma avalanche há cinco dias. As vítimas fatais do acidente são três sul-coreanos, dois nepaleses, dois paquistaneses, um francês, um irlandês, um sérvio e um norueguês. O italiano Marco Confortola, de 37 anos, foi levado para uma cidade próxima. "Estou feliz por estar vivo", afirmou, acrescentando que se sente bem, apenas com dores nos pés. "Passei sete dias naquela montanha. Foi duro, terrível." Ele disse querer retornar para a Itália o mais rapidamente possível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.