Helicópteros do Brasil partem para operação de resgate de reféns das Farc

Helicópteros do Brasil partem para operação de resgate de reféns das Farc

COLÔMBIA

, O Estado de S.Paulo

28 de março de 2010 | 00h00

Dois helicópteros do Exército brasileiro partiram ontem de São Gabriel da Cachoeira (AM) para Villavicencio, na Colômbia, onde participarão da operação de resgate de dois reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Os aparelhos decolaram levando, além de dez tripulantes cada, a senadora colombiana Piedad Córdoba, dois representantes da Cruz Vermelha, o bispo da cidade colombiana de Magangué, Leonardo Gómez, e membros da organização Colombianos e Colombianas pela Paz (CCP). Entre os reféns que serão libertados estão o soldado Josué Calvo, sequestrado em 2009, que deve ser solto hoje, e o sargento do Exército Pablo Emilio Moncayo, há 12 anos em poder das Farc, que deve ser libertado na terça-feira. A guerrilha prometeu ainda entregar os restos mortais do policial Julián Guevara, morto no cativeiro em 2006. Após a libertação de Moncayo e Calvo, restariam outros 22 militares em poder das Farc.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.