Helicópteros israelenses atacam Ramalá

Testemunhas informaram que helicópteros israelenses atacaram a pouco o quartel general da polícia palestina em Ramalá, na Cisjordânia. O prédio abriga também um escritório da Frente Democrática de Libertação da Palestina. Ainda não há informações exatas sobre o número de vítimas, mas pelo menos uma morte já foi confirmada.Esse ataque comprova a ?promessa? feita horas antes pelo governo israelense sobre possíveis represálias contra o atentado suicida ocorrido na madrugada de domingo, quando três israelenses morreram próximo a uma estação de trem, em Naharía.A polícia israelense também prendeu o ministro palestino em Israel, Zyad Abou Zyad, em seu escritório em Jerusalém.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.