Herdeira da L'Oreal encerra disputa judicial com filha, diz advogado

Em comunicado conjunto, as duas afirmam estar 'perto de acabar com os conflitos que têm perturbado vida familiar'.

BBC Brasil, BBC

06 de dezembro de 2010 | 23h39

Caso envolvendo herdeira da L'Oréal virou escândalo nacional

A herdeira do grupo empresarial francês L'Oreal, Liliane Bettencourt, reconciliou-se com a sua filha, encerrando uma série de processos na Justiça, de acordo com um advogado da última.

Françoise Meyers-Bettencourt tentava fazer com que a Justiça considerasse sua mãe mentalmente inapta, e esta acusava a filha de abuso.

Françoise também retirou um processo contra um fotógrafo que ela acusava de tirar vantagem da mãe. Liliane Bettencourt, 88 anos, é a mulher mais rica da França.

O advogado de Françoise, Olivier Metzner, disse à TV iTele que mãe e filha se reuniram e concordaram em acabar com qualquer polêmica.

Segundo o jornal Le Figaro, em comunicado conjunto, as duas afirmam estar "perto de acabar com os conflitos que têm perturbado a sua vida familiar e os procedimentos envolvidos".

A disputa entre as duas mulheres levou a acusações de evasão de divisas e de doações ilegais à campanha de Nicolas Sarkozy à Presidência, em 2007.

Acredita-se que Bettencourt tenha dado ao fotógrafo François-Marie Banier cerca de 1 bilhão de euros (R$ 2,26 bilhões) em presentes num período de 20 anos.

A fortuna da herdeira da L'Oreal é estimada em 17 bilhões de euros (R$ 38,5 bilhões).BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
françaL'oréalescândalopolítico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.