Hezbollah detém libanês suspeito de cooperar com Israel

O grupo militante Hezbollah deteve no sul do Líbano um homem suspeito de colaborar com Israel e o entregou às autoridades libanesas, informaram fontes dos serviços de segurança do país árabe. O Hezbollah, que aparentemente capturou Fouad Mazraani há algumas semanas, o entregou mais tarde às autoridades libanesas, que atualmente o interrogam em Beirute, prosseguiram as fontes em conversa com a Associated Press. Sob condição de anonimato, os agentes de segurança disseram que Mazraani, de 47 anos, foi capturado em posse de equipamentos avançados de telecomunicação e documentos. Suspeita-se que ele tenha sido recrutado por Israel na Bulgária, no início dos anos 90. As autoridades libanesas não entraram em detalhes sobre como ou por que ele teria sido abordado pelos israelenses, nem disseram se ele morava ou visitava o país europeu na época. Mazraani é natural da aldeia fronteiriça de Houla e foi capturado em seu apartamento em Toul, na periferia da cidade de Nabatiyeh, 25 quilômetros a sudeste de Sídon.

Agencia Estado,

15 de julho de 2004 | 14h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.