Hezbollah mata soldado israelense no Líbano

O grupo guerrilheiro libanês Hezbollah atacou hoje, com um míssil, um tanque de Israel na região das chácaras de Shebaa, matando um soldado israelense e ferindo outros três, segundo fontes militares do Estado judeu. Em represália, aviões israelenses bombardearam supostas posições da guerrilha no sul do Líbano.Mesmo após a retirada israelense do sul do Líbano, há quase um ano, a área das chácaras de Shebaa, aos pés das colinas sírias do Golan, continua ocupada por Israel, que considera que o território faz parte da Síria, não do Líbano. Já o Hezbollah considera a área território libanês. Israel ocupa o Golan desde a guerra de 1967.A escalada do conflito na fronteira israelense-libanesa coincidiu com novos confrontos na Faixa de Gaza, depois que, segundo fontes de segurança da Autoridade Palestina (AP), dois buldôzeres do Exército israelense entraram cerca de cem metros no campo de refugiados de Rafah - território formalmente sob controle da AP - para destruir uma base de inteligência da polícia palestina. Um intenso confronto armado começou em seguida e, deixando pelo menos 20 palestinos feridos.Na quarta-feira, o Exército israelense fez seu primeiro grande assalto a uma área formalmente sob controle da AP ao invadir o campo de refugiados de Khan Younis e demolir casas usadas por pistoleiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.