Hezbollah revela nomes de supostos espiões na televisão

O grupo xiita Hezbollah revelou as supostas identidades de funcionários da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos que trabalhavam secretos no Líbano, na mais nova ação na escalada de uma guerra de espiões na região.

AE, Agência Estado

12 de dezembro de 2011 | 21h43

O Hezbollah revelou os nomes em uma transmissão do seu canal de televisão Al Manar, na noite da sexta-feira passada. Usando vídeos animados, a Al Manar recriou encontros entre funcionários da CIA e informantes que recebiam dinheiro da espionagem americana em lojas da Starbucks e da Pizza Hut na capital libanesa.

Antigos e atuais funcionários da CIA disseram que a revelação é feita após o Hezbollah ter desmantelado com sucesso grande parte da rede da agência dos EUA em Beirute. Uma porta-voz da CIA, no EUA, disse que as transmissões da Al Manar e afirmações do Hezbollah são "espúrias". Segundo ela, a Al Manar é um "braço de propaganda" do gripo xiita libanês.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.