Hezbollah se diz preparado para combate de "vários meses"

A Resistência Islâmica, braço armado do Hezbollah, "está preparada para um combate de vários meses" contra o Exército israelense, afirmou o deputado da milícia, Nawar Sahli."Somos uma resistência popular contra o Exército mais poderoso do Oriente Médio", acrescentou Sahli, que não quis confirmar ou desmentir as informações divulgadas pela imprensa israelense sobre a captura de dois milicianos xiitas no sul do Líbano."Israel sempre procura dizer que teve uma vitória", disse, antes de lembrar que seu grupo reconheceu no domingo a perda da localidade fronteiriça de Maroun al-Ras. No entanto, o deputado minimizou a importância da cidade, já que "está na fronteira", dizendo que o Exército israelense não conseguiu penetrar no Líbano.Sahli se mostrou orgulhoso da resistência dos milicianos xiitas, alegando que, apesar da desigualdade de forças, puderam resistir contra o exército israelense. "Agora há combates muito fortes em Bint Jbeil (ao norte de Maroun al-Ras), mas essa também é uma área fronteiriça", afirmou o parlamentar xiita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.