Hillary Clinton encontra primeiro ministro do Iraque

A senadora democrata Hillary Clinton se reuniu neste sábado em Bagdá com o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, e com os comandantes militares americanos no Iraque, em sua quarta visita ao país desde 2003.Clinton, representando o estado de Nova York, lidera uma delegação de quatro congressistas. Ela foi, no entanto, a única a se reunir com Maliki na Zona Verde - a zona mais protegida de Bagdá - segundo comunicado do escritório do primeiro-ministro iraquiano, que não deu mais detalhes sobre as conversas.No entanto, a senadora e possível candidata presidencial nas próximas eleições, fez declarações à rede americana "ABC", nas quais questionou a eficácia do novo plano do presidente George W.Bush para restabelecer a segurança no Iraque."Não creio que o povo americano nem o Congresso acreditem neste momento que essa missão funcionará", disse a senadora.Hillary Clinton se referia ao plano divulgado em 10 de janeiro por Bush, no qual anunciava o envio de 21.500 soldados americanos adicionais, que se juntarão aos 132 mil já posicionados no Iraque.Os democratas se opõem a tal medida, por considerá-la inadequada nas atuais circunstâncias, e defendem uma solução política para o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.