Hillary Clinton recebe diluentes para eliminar coágulo

Os médicos que tratam a secretária de Estados dos EUA, Hillary Clinton, de um coágulo na cabeça disseram que ela tem recebido diluentes para eliminar o coágulo, e que a equipe médica está confiantes de que ela terá um recuperação completa.

EQUIPE AE, Agência Estado

01 de janeiro de 2013 | 07h13

Segundo os médicos, a secretária não sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e nem tem danos neurológicos em virtude do coágulo, que ser formou depois de uma concussão que a secretária sofreu ao desmaiar em sua casa, no início de dezembro, informaram os médicos, nesta segunda-feira.

Hillary, de 65 anos, foi internada no Hospital Presbiteriano de Nova York no domingo, quando um coágulo foi detectado durante exames feitos em virtude da concussão, informou o porta-voz de Hillary, Phillipe Reines. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
HillaryCoágulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.