Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Hillary deve vencer Obama em Ohio e na Pensilvânia, diz pesquisa

Hillary Clinton, a pré-candidata àvaga do Partido Democrata para as eleições presidenciais dosEUA, possui uma vantagem de dois dígitos sobre seu adversário,Barack Obama, em Ohio e na Pensilvânia, ambos Estados cruciaisnas prévias, afirmou uma pesquisa da Universidade Quinnipiacdivulgada na quinta-feira. Hillary, senadora pelo Estado de Nova York, perdeu asúltimas oito prévias para Obama, senador pelo Estado doIllionis, mas agora lidera a corrida nas prévias de Ohio com 56por cento das intenções de voto, contra 34 por cento para oconcorrente, disse a pesquisa. Entre os democratas de Ohio, 56 por cento das mulheres dãoapoio a Hillary (30 por cento para Obama), enquanto 52 porcento dos homens pretendem votar nela (contra 42 por cento parao senador), segundo a enquete. Entre os democratas brancos, Hillary lidera com 64 porcento contra 28, enquanto entre os negros, a vantagem é deObama, com 64 por cento contra 17, disse a pesquisa. "Ohio representa o melhor universo demográfico possívelpara Hillary", afirmou Peter Brown, membro do Instituto dePesquisa da Universidade Quinnipiac, em um comunicado. "O Estado possui uma fatia significativa de representantesda classe trabalhadora e, ao mesmo tempo, uma participaçãomenor de democratas com formação superior e afro-americanos doque nos outros Estados em que Obama venceu." Ohio, Rhode Island, Texas e Vermont realizam prévias no dia4 de março. Os eleitores da Pensilvânia vão às urnas no dia 22de abril para votar no processo de escolha do candidatodemocrata à disputa presidencial. Segundo a pesquisa, entre os democratas que devem votar nasprévias da Pensilvânia, Hillary está à frente de Obama com 52por cento das intenções de voto contra 36 por cento. Na disputa nacional com o republicano John McCain, quelidera as prévias do Partido Republicano, 43 por cento doseleitores de Ohio votariam em Hillary e 40 por cento, em Obama.Desses, 44 por cento disseram preferir McCain. Na Pensilvânia, Hillary aparece à frente de McCain, 46 porcento contra 40. Já Obama ganharia nesse Estado com umavantagem menor, de 42 contra 41, revelou a pesquisa. A enquete da Universidade Quinnipiac foi realizada entre osdias 6 e 12 de fevereiro, após as prévias da "superterça", queconfirmaram a liderança de McCain, fazendo dele o provávelcandidato dos republicanos nas eleições gerais. A pesquisa em Ohio entrevistou 1.748 eleitores e possui umamargem de erro de 2,3 pontos percentuais para cima ou parabaixo. Dos entrevistados, 564 eram democratas e os resultadosreferentes a esse universo possuem uma margem de erro de 4,1pontos percentuais, para cima ou para baixo. Na Pensilvânia, 1.419 eleitores foram entrevistados e amargem de erro é de 2,6 pontos percentuais, para cima ou parabaixo. Desses, 577 eram democratas e, quanto aos resultadosreferentes a essa fatia do eleitorado, a margem de erro é de4,1 pontos percentuais, também para cima ou para baixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.