Hillary e Geithner são prováveis baixas

A secretária americana de Estado, Hillary Clinton, deixará seu cargo assim que seja assegurada a transição a seu sucessor, depois da posse do presidente Barack Obama, em 21 de janeiro, Os nomes do ex-candidato democrata à presidência John Kerry e da embaixadora dos EUA na ONU, Susan Rice, aparecem como os dos possíveis sucessores de Hillary. O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, também não fará parte do novo governo. Ele já manifestou publicamente sua vontade de deixar o cargo, em parte por causa do desgaste acumulado durante o trabalho de recuperação econômica dos EUA após a crise de 2008. / EFE

O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2012 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.