Hillary e Romney vencem em Nevada; disputa entre republicanos é acirrada

Ex-primeira-dama obtém segunda vitória sobre Obama; McCain e Huckabee saem na frente na Carolina do Sul

Washington, O Estadao de S.Paulo

19 de janeiro de 2008 | 00h00

A senadora e ex-primeira-dama Hillary Clinton, que tinha vencido a prévia da semana passada em New Hampshire, voltou a triunfar ontem no caucus (assembléia partidária) democrata do Estado de Nevada, de acordo com projeções baseadas em dados oficiais da rede de TV CNN. Com 97% do processo já apurado, Hillary obtinha 51% das preferências. Seu principal rival na luta pela indicação democrata à eleição presidencial de novembro, o senador Barack Obama, vinha em segundo, com 45%.Do lado republicano, ainda de acordo com a projeção da CNN, o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney triunfou em Nevada, com 52% das preferências, enquanto o senador John McCain e o deputado texano Ron Paul empatavam em segundo lugar, ambos com 13%. Foi a terceira vitória de Romney nas primárias, uma vez que ele já tinha triunfado em Michigan e Wyoming. Os demais pré-candidatos republicanos, porém, praticamente abriram mão da disputa em Nevada e concentraram esforços na primária da Carolina do Sul - realizada também ontem sob intensas nevascas.Na disputa da Carolina do Sul, McCain mantinha vantagem sobre o ex-governador do Arkansas Mike Huckabee no início da apuração, no final da noite de ontem. Sondagens de boca-de-urna indicavam um empate técnico entre os dois pré-candidatos. Romney e o senador e ator da série de TV Law & Order, Fred Thompson, disputavam voto a voto a terceira posição.Mais de uma hora depois do horário previsto para o fechamento das urnas - 19 horas locais (22 horas em Brasília) - apenas 19% dos votos da primária republicana tinham sido totalizados. McCain obtinha 35% dos votos e Huckabee, pastor batista que baseia sua campanha no apelo religioso e num discurso que seus adversários qualificam de "populismo econômico", tinha 29%. Por causa do mau tempo e de defeitos registrados nas máquinas de votar em alguns distritos da Carolina do Sul, McCain chegou a pedir aos organizadores da prévia uma prorrogação do horário de votação - que inicialmente se encerraria às 19 horas locais (22 horas de Brasília). A primária da Carolina do Sul foi disputada apenas para os republicanos. A prévia democrata no estado está marcada para o dia 26.Pesquisas de boca-de-urna indicaram que a economia foi o tema mais importante para os eleitores que participaram das prévias nos dois estados. Em Nevada, onde 25% dos habitantes tem origem hispânica, a questão da imigração era a segunda principal preocupação dos eleitores. Na Carolina do Sul, estado de forte presença negra, o tema racial foi um dos mais importantes.Huckabee surpreendeu rivais mais cotados para vencer a indicação republicana ao vencer a prévia inicial da corrida à Casa Branca, em Iowa. Já McCain, depois de ver sua pré-candidatura quase naufragar por falta de dinheiro no fim do ano passado, ganhou novo ânimo para a disputa depois de vencer as primárias de New Hampshire.Analistas estimam que a disputa republicana deve ficar ainda mais embolada a partir das primárias da Flórida, no dia 29, que deve marcar a entrada em cena do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani. Favorito nas pesquisas nacionais para conquistar a indicação republicana, Giuliani optou por economizar recursos e não fazer campanha nas etapas iniciais das primárias.NÚMEROS51% para Hillary,45% para Obama e 4% para John Edwards era o resultado do caucus democrata deNevada, com 97% do processo já apurado, segundo a CNN52% para Romney, seguido de John McCain e Ron Paul, ambos com 13%, era o resultado republicanoem Nevada, com 98% da apuração encerrada 36% para McCain,seguido de Huckabee, com 28%, e Romney e Thompson - empatados com 15%, era o resultado da Carolina do Sul,com 21% dos votos apurados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.