Hillary: eleições ajudam a solucionar crise em Honduras

As eleições em Honduras foram um passo rumo à solução da crise política no país, afirmou hoje a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton. As eleições de 29 de novembro, nas quais Porfírio Lobo foi eleito presidente, "marcam um avanço importante no processo, mas não a culminação", disse Hillary em coletiva de imprensa.

AE-AP, Agencia Estado

09 de dezembro de 2009 | 20h45

"Saudamos o povo hondurenho por essa conquista e felicitamos o presidente eleito Lobo pela vitória", acrescentou Hillary. Segundo ela, Lobo "empreendeu um diálogo nacional e pediu a criação de um governo de unidade nacional, como foi estipulado no acordo de Tegucigalpa-San José", afirmou a secretária.

"Apoiamos o povo hondurenho e continuaremos a cooperar com outros dirigentes da região para encontrar o caminho democrático para Honduras", afirmou Hillary.

Tudo o que sabemos sobre:
HonduraseleiçõesEUAHillary Clinton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.