Efe
Efe

Hillary homenageia vítimas de atentados terroristas de Mumbai

Secretária de Estado americana se hospeda em hotel indiano que foi alvo de explosões que deixaram 166 mortos

Efe,

18 de julho de 2009 | 08h20

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, homenageou neste sábado, 18, as vítimas do ataque terrorista de novembro em Mumbai, na primeira visita oficial à Índia desde que assumiu o cargo. A chefe da diplomacia americana, que chegou a Mumbai na noite desta sexta-feira e que está hospedada no luxuoso hotel Taj, um dos lugares atacados pelos terroristas, viajará no domingo a Nova Délhi, onde na segunda deve reunir-se com o primeiro-ministro, Manmohan Singh, e com outras autoridades.

 

"Nossos povos experimentaram a injustiça e os efeitos devastadores do extremismo violento", diz a mensagem que Hillary escreveu em um livro em lembrança dos pelo menos 166 mortos, segundo as agências indianas. "Agora, depende das nações e dos povos que buscam a paz e o progresso trabalhar juntos. Livremos o mundo do ódio e do extremismo que produz tal violência niilista. Nosso futuro não merece menos", segue a mensagem, reproduzida pela agência PTI.

 

A secretária de Estado conversou com o pessoal do hotel e do Trident-Oberoi, os edifícios emblemáticos situados na faixa peninsular no sul de Mumbai e que foram atacados por um comando terrorista em novembro de 2008. Segundo o tribunal especial que investiga o caso, 166 pessoas morreram no atentado, mas a Polícia estimou em 179 os mortos pouco depois do ataque e vários ministros ofereceram números controversos no Parlamento.

 

Pouco depois do ato, Hillary tomou café da manhã com dez empresários indianos, entre os quais estavam os magnatas Ratan Tata e Mukesh Ambani, segundo a agência Ians. No domingo, Hillary irá a Nova Délhi e, na segunda, se reunirá com Singh e com a presidente do governante Partido do Congresso, Sonia Gandhi, segundo um comunicado oficial divulgado dias atrás.

 

Ela também conversará com o ministro de Exteriores indiano, S.M. Krishna, no que será sua primeira visita oficial à capital indiana desde que assumiu o cargo de secretária de Estado. Os laços comerciais bilaterais, as relações indo-paquistanesas e o acordo de cooperação nuclear civil entre EUA e Índia fechado no ano passado são alguns dos temas na agenda de Hillary e do governo indiano.

Tudo o que sabemos sobre:
Hillary ClintonMumbai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.