Hillary promete avanços no Oriente Médio

Secretária de Estado se reúne com premiê Netanyahu; israelense diz levar assunto a sério

estadão.com.br

11 de novembro de 2010 | 13h54

NOVA YORK - A secretária de Estado dos EUA, Hilary Clinton, prometeu nesta quinta-feira, 11, buscar "formas para progredir" com o processo de paz no Oriente Médio ao iniciar sua reunião com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, segundo informações da agência de notícias AFP.

 

Veja também:

linkAbbas ques mais que 'slogans' por parte dos EUA

especialInfográfico: As fronteiras da guerra no Oriente Médio

forum Enquete: Qual a melhor solução para o conflito?

especial Linha do tempo: Idas e vindas das negociações de paz

 

"O primeiro-ministro Netanyahu e o presidente (Mahmoud) Abbas estão seriamente comprometidos com a solução de dois Estados e nós vamos encontrar formas para avançar nesse sentido", disse Hillary. "Vamos falar de todas as questões", concluiu a secretária de Estado.

 

A reunião segue-se ao anúncio de Israel de que seriam construídas mais 1.300 casas em Jerusalém Oriental, área que os palestinos reclamam como capital do seu futuro Estado.

 

A construção de assentamentos é um ponto sensível das negociações entre palestinos e israelenses, e por conta dela as negociações diretas de paz, retomadas em setembro graças à mediação dos EUA, foram interrompidas e encontram-se estagnadas.

 

Netanyahu disse que o progresso no diálogo de paz deve ser levado a sério. "Conversaremos sobre meios de como canalizar e continuar com este processo para alcançar um acordo histórico de paz e segurança para nós e para os palestinos. Também esperamos ampliá-lo para outros países árabes. Para nós, isso é um assunto muito sério", disse o líder israelense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.