Hillary suspende campanha e confirma apoio total a Obama

Hillary Clinton confirmou nestesábado seu apoio a Barack Obama como candidato do PartidoDemocrata na corrida presidencial nos Estados Unidos. O apoio foi anunciado oficialmente no evento em que elasuspendeu a sua candidatura, menos de uma semana depois de osenador de Illinois assegurar um número de delegados suficientepara ser o indicado do partido. Em discurso no National Building Museum, que também marcouo início dos esforços para unir o Partido Democrata, depois deuma longa e difícil batalha que terminou na última terça-feira,Hillary declarou apoio total a Obama. "Hoje, uma vez que eu suspendo a minha campanha, eu dou osparabéns para ele (Obama)", disse a ex-primeira-dama dos EUApara cerca de 2 mil partidários. Ela estava acompanhada do ex-presidente Bill Clinton e dafilha, Chelsea. "Eu o apóio, lanço meu apoio total para ele", disseHillary, referindo-se a Obama. A declaração favorável a Obama veio depois de algumadesconfiança sobre a posição de Hillary. No seu discurso na terça-feira, depois das prévias emDakota do Sul e em Montana, ela não reconheceu imediatamentesua derrota, o que levou alguns a afirmarem que Hillary seriauma má perdedora. Hillary e Obama realizam agora uma delicada negociação debastidores. Ela disse estar aberta a concorrer como vice-presidente,mas insiste que não tenta obter essa vaga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.