Hillary tenta recuperar espaço no governo

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, voltou a ser o centro das atenções na quarta-feira, quando apresentou um projeto sobre o papel do país no mundo. O Departamento de Estado definiu o discurso como um importante pronunciamento sobre política externa, mas foi também um esforço para que ela recupere o espaço perdido dentro do governo após semanas de ausência em razão de uma fratura no cotovelo.Afirmando que "nenhuma nação pode enfrentar os desafios sozinha", ela disse que os EUA adotaram uma diplomacia de muitas frentes, com inúmeros parceiros, até mesmo adversários como o Irã. Hillary condenou Teerã por reprimir os protestos pós-eleitorais.Para muitos analistas, pareceu um discurso de campanha, no qual Hillary defendeu suas credenciais em política externa como se fossem um trunfo sobre seu adversário, que agora é seu chefe. O problema no cotovelo teria complicado ainda mais sua situação. Sua recuperação reduziu sua agenda, obrigando-a a cancelar duas viagens ao exterior - para Brasil e Rússia. Ontem, ela partiu para a Índia e a Tailândia, onde terá nova chance de recuperar espaço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.