Hillary vai participar de encontro sobre a Síria

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, vai liderar a delegação norte-americana no encontro sobre o conflito sírio que o governo francês promoverá em Paris na sexta-feira, 6, um oficial dos EUA confirmou nesta terça-feira, sob condição de anonimato.

AE, Agência Estado

03 de julho de 2012 | 14h20

A confirmação veio depois de a França, que será anfitriã do terceiro encontro do grupo "Amigos da Síria", anunciar que a Rússia recusou convite para participar da reunião.

O grupo, que reúne mais de 60 países, tem como objetivo coordenar os esforços das nações ocidentais e árabes para conter a violência na Síria.

O encontro em Paris ocorrerá menos de uma semana depois de uma reunião em Genebra endossar um plano preliminar para a transição política na Síria, que há 16 meses convive com ferozes combates entre tropas do governo e grupos de oposição. A onda de violência no país já deixou mais de 16,5 mil mortos, segundo os números mais recentes do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres.

Os rebeldes sírios lutam pela deposição do presidente Bashar Assad, cuja família controla o país há mais de quatro décadas. A Rússia, o principal aliado e fornecedor de armas da Síria, é contrária ao afastamento de Assad. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUASÍRIAHILLARY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.