Hillary volta a pedir gesto de Havana

A secretária de Estado Hillary Clinton declarou ontem que os EUA não apoiarão o retorno de Cuba à Organização dos Estados Americanos (OEA) enquanto Havana não rever sua política de direitos humanos. "Se Cuba não deseja ater-se ao mandato (da OEA), não vejo como poderia ser parte da OEA", disse Hillary. Cuba foi excluída da organização em 1962.

, O Estadao de S.Paulo

21 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.