Hiroshima lembra 63º aniversário da bomba

A cidade japonesa de Hiroshima recordou ontem o 63º aniversário do primeiro ataque atômico do mundo. Cerca de 45 mil pessoas - incluindo o premiê, Yasuo Fukuda, se reuniram no monumento aos mortos. Na cerimônia, o prefeito da cidade desejou que o próximo presidente dos EUA lute pela abolição das armas nucleares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.