Holanda legaliza eutanásia

O Senado holandês aprovou ontem a lei que permite a eutanásia. O texto vai agora a sanção da rainha Beatrix. Durante a votação, milhares de pessoas manifestaram-se contra lei que torna a Holanda o primeiro país do mundo a permitir a morte por misericórdia. Foram 46 votos a favor e 28 contra. Um dos senadores não compareceu à sessão. A rainha deve sancionar a lei em 15 dias. Ela passa a vigorar assim que o texto for publicado na imprensa oficial.O voto, reconhecendo uma prática tolerada no país por mais de 20 anos, foi visto como uma formalidade, pois a Câmara Baixa aprovou o projeto em novembro.O protesto, numa praça central de Haia, reuniu cerca de 5 mil pessoas. Henriett Schutta, de 18 anos, saiu de sua casa, em Zwolle, no nordeste do país, para manifestar-se. "Acreditamos no Senhor e ele é o único que pode decidir sobre tirar a vida." Kars Veling, senador pela União Cristã, destacou a necessidade da confiança entre médico e paciente e da melhora dos cuidados paliativos. "É perigoso e indigno, para uma sociedade civilizada, os médicos serem autorizados a matar. Poderia pressionar as pessoas a escolherem a morte."Mais informaçõesLeia Também:Vitória do `Dr. Morte´ ?Tolerância também com sexo e drogas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.