AFP PHOTO / FRANCE TELEVISIONS
AFP PHOTO / FRANCE TELEVISIONS

Hollande declara voto em candidato centrista no segundo turno das eleições

Presidente alertou para o risco que o país corre com a vitória de Le Pen, e defende que Emmanuel Macron é o mais indicado para unir a população da França

O Estado de S.Paulo

24 Abril 2017 | 13h02

PARIS - O presidente da França, François Hollande, anunciou nesta segunda-feira, 24, que votará no centrista Emmanuel Macron no segundo turno das presidenciais francesas, e advertiu sobre o risco para o país de uma vitória da ultradireitista Marine Le Pen.

"A presença da extrema-direita faz nosso país correr um risco novamente (...). Diante disso, se impõem a mobilização e as decisões claras. De minha parte, votarei em Emmanuel Macron", declarou o presidente em um discurso transmitido pela televisão. "O que está em jogo é a composição, a unidade, a participação da Europa e o lugar da França no mundo."

O presidente disse que vai votar no seu ex-ministro da Economia porque ele é mais indicado para unir a população da França. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.