Hollande: 'Espionagem de aliados é inaceitável'

O presidente da França, François Hollande, voltou a criticar nesta terça-feira os Estados Unidos pela espionagem de aliados pelo mundo, qualificando a prática como "inaceitável".

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2013 | 14h53

Depois de reunir-se em Bratislava com o primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, Hollande disse que a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) não deveria monitorar as comunicações dos países aliados e de seus líderes.

Nos últimos dias, Hollande e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, comprometeram-se a pressionar os EUA a porem fim à prática de espionar líderes estrangeiros, empresas e cidadãos inocentes. Ele disse que o governo norte-americano está cooperando com a Europa, mas não entrou em detalhes. Ainda segundo Hollande, a Europa precisa implementar medidas capazes de preservar a privacidade de seus cidadãos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAespionagemHollandeNSA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.