Hollande faz exigências para aceitar acordo com o Irã

O presidente da França, François Hollande, apresentou hoje, durante visita a Israel, quatro exigências para aceitar um acordo com o Irã.

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2013 | 18h17

Acompanhado do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, Hollande negou ser contra um acordo provisório, mas disse que quatro "exigências" precisam ser atendidas pelos iranianos.

"A primeira exigência: colocar todas as instalações nucleares iranianas sob supervisão internacional; imediatamente. Segundo ponto: suspender o enriquecimento de urânio a 20%. Terceiro: reduzir o estoque existente. Por fim, parar a construção da usina (de água pesada) de Arak", declarou Hollande em Jerusalém.

"Esses são pontos essenciais para nós em relação a qualquer acordo", concluiu o francês.

Mais cedo, ao desembarcar no país, Hollande disse que a França assumiria uma "linha dura" em relação ao Irã nas próximas negociações nucleares.

Israel opõe-se ao alívio das sanções ao Irã. Segundo Netanyahu, a contínua pressão sobre o Irã por seu questionado programa nuclear pode fazer com que as potências obtenham "um acordo melhor". Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
FrançaIsraelIrãHollande

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.