Marcelo Sayão/Efe
Marcelo Sayão/Efe

Hollande faz retoques no governo francês após eleições legislativas

Novo executivo fará seu primeiro Conselho de Ministros nesta sexta-feira

Efe,

21 de junho de 2012 | 19h11

PARIS - O presidente da França, François Hollande, e o primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, anunciaram nesta quinta-feira, 21, uma leve remodelação do governo após as eleições legislativas de domingo passado.

Veja também:

link Assembleia toma posse no dia 26, diz jornal

link Análise: Eleição francesa dá mandato poderoso a presidente Hollande

Ao Executivo, que após a remodelação de hoje mantém a paridade com 19 homens e 19 mulheres, se somam quatro novos nomes em cargos de ministros delegados. Assim a subpasta de Agroalimentação recai sobre Guillaume Garot, a de Descentralização sobre Anne-Marie Escoffer, a de Formação Profissional sobre Thierry Repentin e a de Franceses no Exterior sobre Hélène Conway, anunciou o secretário-geral do Palácio do Eliseu.

Além disso, Delphine Bartho deixa a pasta delegada de Justiça e assume o Ministério de Ecologia e Energia, em substituição de Nicole Bricq. Por sua parte, Bricq ascende de vice-ministra a titular de Comércio Exterior.

O novo executivo, composto por 20 ministros e 18 ministros delegados, realizará amanhã seu primeiro Conselho de Ministros.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.