Hollande não quer Schäuble na presidência do Eurogrupo

O novo presidente da França, Fraçois Hollande, tem fortes reservas contra a possibilidade do ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, assumir a presidência do grupo de ministros de Finanças da zona do euro (Eurogrupo), segundo divulgado hoje pela revista alemã Der Spiegel.

Agência Estado

20 Maio 2012 | 09h28

De acordo com a publicação, Hollande teria informado a autoridades da União Europeia que seria "muito difícil" para ele aceitar que um alemão assuma a presidência do Eurogrupo. Na visão do presidente francês, caso Schäuble seja eleito para o cargo, ele deveria renunciar ao Ministério de Finanças.

O ministro alemão é um dos favoritos para assumir a vaga do primeiro-ministro de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, que deixa a presidência do Eurogrupo em meados deste ano. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Euro França Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.