Homem abre fogo e mata quatro pessoas na França

Um homem não identificado abriu fogo hoje contra pedestres na cidade de Tours, na região central da França, matando quatro pessoas e ferindo outras oito - entre elas dois policiais -, informaram autoridades francesas. O suspeito, de 44 anos, cujo nome não foi revelado, acabou sendo capturado depois de tentar fugir por um estacionamento subterrâneo. Por não ter histórico policial, ele foi levado a um hospital devido a ferimentos no peito e em uma das pernas recebidos enquanto tentava escapar. Ainda não está claro o que motivou os tiros. A polícia está analisando fitas de vídeos do sistema público de segurança para ter uma idéia dos acontecimentos que precederam o ataque. Segundo o chefe do governo regional em Tours, Jean-François Houssin, o atirador, antes de ser capturado, afirmara ter em seu poder uma granada. Uma testemunha disse à televisão LCI que o homem estava usando uma máscara de esqui no momento da chacina. O primeiro-ministro francês, Lionel Jospin, falando na cidade de Rennes, considerou o ataque "uma loucura absurda" e expressou condolências às famílias das vítimas. Tours está localizada a 250 quilômetros a sudeste de Paris, no centro da região do Vale do Loire.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.