Homem admite ter feito 'tráfico de dinossauros'

O americano Erik Prokopi confessou à Justiça ter criado um esquema para "tráfico de dinossauros" que durou dois anos. O criminoso comprava fósseis dos animais pré-históricos em outros países e os levava para vender nos Estados Unidos sem declarar nada às autoridades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.