Arne Dedert/AFP
Arne Dedert/AFP

Africano é baleado em suposto ataque anti-imigração na Alemanha

Segundo a revista 'Der Spiegel', os investigadores trabalham com a hipótese de o autor dos disparos ter se suicidado

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2019 | 06h46

BERLIM - Um homem da Eritreia de 26 anos ficou gravemente ferido após ser baleado em um povoado próximo de Frankfurt, na Alemanha, na segunda-feira, 22. O autor do disparo teria se suicidado após o disparo. Autoridades suspeitam que o caso tenha sido motivado por sentimentos anti-imigração.

O suspeito atirou de dentro de um carro contra o africano, que passava pela rua, e fugiu. Horas mais tarde, a polícia o encontrou morto com um tiro na cabeça dentro do veículo. Segundo a revista Der Spiegel, os investigadores trabalham com a hipótese de suicídio.

Ainda não se sabe se o suspeito pertencia a movimentos de extrema direita. O eritreu passou por cirurgia e tem quadro de saúde estável. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
racismoAlemanha [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.