Homem ameaça presidente sul-coreano e é preso

A polícia da Coréia do Sul deteve neste sábado um homem que ameaçou explodir o escritório do presidente da Coréia do Sul, Roh Moo-hyun. Identificado apenas pelo nome de família, Yoo, o homem carregava 21 bastões de dinamite em seu carro, informou a polícia. Segundo a TV a cabo sul-coreana YTN, Yoo não tinha nenhum detonador com as dinamites. Antes de se dirigir ao estabelecimento presidencial, Yoo chamou a polícia e disse ter reclamações a fazer ao presidente. Depois ameaçou explodir seu escritório caso não conseguisse uma reunião com Roh Moo-hyun. A Coréia do Sul reforçou a segurança do país depois que, em uma fita divulgada sexta-feira, um líder da rede terrorrista Al-Qaeda conclamou os jovens muçulmanos a atacarem os Estados Unidos e seus aliados, inclusive a Coréia do Sul.

Agencia Estado,

02 Outubro 2004 | 17h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.