Homem armado ataca comboio presidencial no Iêmen

Um homem armado assassinou um segurança presidencial e feriu outros três em um ataque ao comboio do presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, segundo representantes oficiais. O vice-governador da província de al-Dhale, Qassim al-Afifi, disse que o presidente não estava no comboio na hora da emboscada, próximo à vila de Hibailin. Saleh, no entanto, estava na região e, posteriormente, retornou à capital.

AE-AP, Agência Estado

15 Maio 2010 | 16h48

Al-Afifi disse que um homem armado foi morto e outros dois foram feridos na troca de tiros com os guardas. Na quinta-feira, um homem armado abriu fogo ao comboio em que estava o vice-primeiro-ministro do Iêmen, que escapou ileso. O governo central do Iêmen está lutando com um movimento separatista e militantes da Al-Quaeda que se estabeleceram no país.

Mais conteúdo sobre:
Iêmen ataque comboio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.