Homem armado deixa três mortos em Tel Aviv

Um homem armado abriu fogo em um restaurante de Tel Aviv nas primeiras horas de terça-feira (05, pelo horário local), deixando três mortos e 31 feridos antes de ser morto, informou a polícia. O ataque ocorreu às 2h15 locais de terça-feira no restaurante Mifgash Hastek, na rua Petah Tikva, uma via importante de Tel Aviv.O comandante da polícia de Tel Aviv, Yossi Sedbon, informou tratar-se de um ataque a tiros promovido por apenas uma pessoa. "Aparentemente, ele também tentou acionar uma granada, mas o artefato não explodiu", disse ele à Rádio Israel. Outro comandante da polícia, Uri Bar-Lev, disse à rádio que "um policial enfrentou o terrorista e o matou". De acordo com ele, o homem armado abriu fogo contra o restaurante com um fuzil M-16. "Nós estávamos todos dançando e de repente ouvimos os tiros. Todos nos escondemos sob as mesas", contou à rádio uma testemunha que preferiu não se identificar. Yosef Cohen, diretor do serviço de resgate Magen David Adom na área de Tel Aviv, disse que pelo menos 25 pessoas ficaram feridas e foram levadas a hospitais próximos.De acordo com a Rádio Israel, a Brigada Mártires de Al-Aqsa, ligada à Fatah, movimento político do líder palestino Yasser Arafat, reivindicou a autoria do atentado em telefonemas a emissoras de tevê. Segundo pessoas que fizeram as chamadas, o pistoleiro era um palestino do campo de refugiados de Jebalya, situado nos arredores da Cidade de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.