AFP PHOTO / DANIEL ROLAND
AFP PHOTO / DANIEL ROLAND

Polícia da Alemanha mata homem armado que invadiu cinema na cidade de Viernheim

Informação foi confirmada pelo ministro de Interior do Estado de Hesse; não há confirmação oficial de vítimas

O Estado de S. Paulo

23 Junho 2016 | 12h16

BERLIM - A polícia alemã matou nesta quinta-feira, 23, um homem mascarado que entrou armado com uma arma de fogo e um cinturão de munição em um cinema na cidade de Viernheim, no sudoeste do país, informou o ministro de Interior do Estado de Hesse, Peter Beuth. Segundo policiais, não há feridos entre as pessoas que estavam no local.

A televisão pública estatal e o jornal Darmstaedter Echo haviam relatado previamente que entre 20 e 25 pessoas foram feridas. O jornal Build, no entanto, afirma que 25 pessoas teriam sido atentidas por equipes de resgate em função do gás lacrimogêneo usado pela polícia. Além disso, há relatos de que o suspeito teria feito reféns e se entrincheirado no cinema antes de ser morto pela polícia. 

Em seu site, o jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung afirmou, citando fontes policiais, que o suspeito estava "fortemente armado" e teria entrado no local por volta das 15 horas (10 horas, em Brasília). As informações não foram confirmadas pelas autoridades.

Oficialmente, a polícia alemã se limitou a dizer que enfrentava uma "situação confusa de ameaça". O cinema em Viernheim foi cercado por agentes das forças especiais da polícia, que estabeleceram um perímetro de segurança. A cidade fica a cerca de 70 quilômetros de Frankfurt. 

Por prevenção, o chefe da Polícia de Nova York enviou oficiais para cinemas da cidade americana após o episódio na Alemanha, segundo um repórter da emissora NBC. / AFP, EFE e REUTERS

 

Mais conteúdo sobre:
AlemanhaCinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.