Homem ataca 15 crianças e mata 1 em escola na China

O porteiro de um jardim da infância vinculado à Universidade de Pequim atacou 15 crianças e três professores com uma faca de cozinha, nesta quarta-feira. Um dos alunos morreu no hospital e outros dois apresentam lesões graves. O jardim de infância é admistrado pelo hospital da Universidade de Pequim, uma das mais conceituadas da China.Segundo a agência de notícias Xinhua o suspeito de ter cometido os ataques está sob custódia policial e foi identificado como Xu Heping, de 51 anos. Segundo a polícia, ele trabalhava como porteiro na escola há dois e sofre de esquizofrenia. Em 1999, Xu teria feito um tratamento de cinco meses no hospital psiquiátrico de Pequim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.