Homem ataca a tiros ministério e é morto

Um homem identificado como Karen Drambjan invadiu na tarde de ontem o Ministério da Defesa da Estônia, fez vários disparos e detonou uma bomba de fumaça no local, no centro de Tallin, a capital do país. A polícia foi chamada e matou o criminoso. O ataque, cujo motivo não foi determinado pelas autoridades, não deixou nenhum ferido. A imprensa local afirmou que Karen Drambjan era armênio, possuía um escritório de advocacia e era membro de um pequeno partido de esquerda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.