Homem ataca base de militantes e mata 9 no Paquistão

Um homem-bomba atacou neste sábado um complexo no noroeste do Paquistão que pertencia a uma milícia local e matou pelo menos nove pessoas, entre elas três crianças, informou a polícia. Tem havido conflitos significativos sobre posições de liderança dentro do Taleban paquistanês, uma organização criada em 2007 para representar quase 40 grupos insurgentes, muitos deles travando uma campanha sangrenta contra o governo.

AE, Agência Estado

21 de julho de 2012 | 09h59

O complexo que foi atacado na vila Spin Dal, na área tribal de Orakzai, pertencia ao comandante militante Mullah Nabi, disse o policial tribal Amjad Khan. Nabi chegou a ser um aliado próximo ao proeminente comandante do Taleban paquistanês de Orakzai, Mullah Toofan, mas os dois se tornaram rivais.

Até o momento, ninguém assumiu a responsabilidade pelo ataque, mas as suspeitas recaem sobre Toofan, um aliado próximo do chefe do Taleban paquistanês, Hakimullah Mehsud. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.