Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Homem ateia fogo no próprio corpo em protesto pelo Tibete

As chamas foram imediatamente sufocadas por outras pessoas que participavam da manifestação

EFE,

21 de março de 2008 | 01h16

Um homem de 26 anos ficou levemente ferido nesta quinta-feira ao atear fogo no próprio corpo em um ato de protesto contra a repressão no Tibete, nas imediações da Embaixada da China em Berlim, informaram fontes policiais. O manifestante participava de uma concentração integrada por cerca de 100 pessoas, quando se banhou em um líquido inflamável e logo depois ateou fogo no próprio corpo. As chamas foram imediatamente sufocadas por outras pessoas que participavam da manifestação. A vítima sofreu apenas ferimentos leves e foi detida temporariamente por ter vulnerado a chamada "lei de manifestação", que proíbe o porte de substâncias inflamáveis em concentrações do tipo. Nesta quinta-feira foram comuns em Berlim diferentes atos de protesto em solidariedade com o Tibete, tanto nas imediações da sede diplomática chinesa como nas proximidades do Portão de Brandeburgo.

Tudo o que sabemos sobre:
MANIFESTAÇÇÃOTIBETE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.