Homem-bomba ataca funeral no Iraque, matando 10

Um homem-bomba atacou um funeral em Tikrit, cerca de 130 quilômetros ao norte de Bagdá, neste domingo, matando pelo menos dez pessoas e ferindo 18, de acordo com a polícia. Mais 16 pessoas morreram em episódios de violência política ou sectária em todo o Iraque. Também neste domingo, marines americanos foram feridos e alguns veículos destruídos por um carro-bomba na província de Anbar, segundo o exército americano. A polícia iraquiana disse que o ataque foi em Fallujah, cidade altamente policiada a oeste de Bagdá.O bombardeio foi o último de uma série de ataques no norte do Iraque nos últimos dias, que testaram a capacidade das forças de segurança americanas no Iraque. Autoridades iraquianas aumentaram neste domingo em Mosul, 360 quilômetros a noroeste de Bagdá, um toque de recolher parcial que foi imposto há dois dias na parte leste da cidade depois de a polícia ter repelido uma série de ataques insurgentes nos quais um coronel foi morto.O Ministério da Defesa divulgou que as forças de segurança prenderam 62 pessoas em ações no norte do Iraque feitas após as lutas de rua. Conflitos entre xiitas e soldados iraquianas explodiram neste domingo em Bagdá, disse a polícia. Dois milicianos foram mortos e cinco combatentes feridos, incluindo dois soldados iraquianos.Ao mesmo tempo, pistoleiros realizaram uma emboscada para uma patrulha da polícia no sul da capital, matando dois policiais e ferindo outros cinco, segundo a polícia.Os conflitos aconteceram enquanto os reforços americanos começaram a patrulhar Bagdá para ajudar a acabar com os ataques sectários. Ainda neste domingo, pistoleiros em Samarra, ao norte de Bagdá, fizeram uma emboscada para um comboio de veículos iraquianos, matando dois motoristas e colocando fogo em seus veículos, disse o capitão da polícia Laith Mohammed.Um sniper matou um segurança do governo no sul de Bagdá, segundo a polícia. Pistoleiros em Fallujah mataram um pregador sunita, Sheik Ali Hussein al-Jumaili, quando ele resistiu ao que aparentava ser uma tentativa de seqüestro.A polícia encontrou os corpos de cinco homens em Bagdá e um na cidade de Amarah. Todos foram mortos a tiros, de acordo com a polícia.Um comunicado do exército americano divulgou que forças de coalizão mataram um homem durante um ataque em Beiji, ao norte de Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.