Homem-bomba mata 11 pessoas em novo ato de violência no Iêmen

Um suicida em um carro bomba matou 10 soldados iemenitas e um civil e deixou muitas outras pessoas feridas no domingo, ao atacar um prédio da polícia militar na cidade costeira de Mukallah, disse a agência de notícias estatal Saba.

Reuters

11 Maio 2014 | 11h42

A explosão parece ter sido um ataque de vingança da al Qaeda contra a campanha do exército iemenita para subjugar os insurgentes islâmicos em duas grandes províncias do sul do país.

Isso expulsou muitos militantes de cidades que eles tomaram durante os distúrbios de 2011, que comprometeram a segurança nacional e representavam uma séria ameaça para a vizinha Arábia Saudita, maior produtora de petróleo.

Equipes de resgate reviravam os escombros do prédio de dois andares, tentando encontrar sobreviventes da explosão, que atingiu o complexo enquanto os soldados estavam almoçando, disse um oficial da segurança local à Reuters.

(Por Mohammed Mukhashaf e Mohamed Ghobari)

Mais conteúdo sobre:
IEMEN BOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.