Homem-bomba mata 16 diante de tribunal no Paquistão

Um terrorista suicida matou 16 pessoas no lado de fora de um tribunal em Peshawar, noroeste do Paquistão, no mais recente ataque de militantes islâmicos contra a ofensiva do exército nas proximidades da fronteira afegã. O atentado foi o sexto em menos de duas semanas dentro e em torno de Peshawar, a maior cidade da região. No total, os ataque já mataram mais de 80 pessoas.

AE-AP, Agencia Estado

19 Novembro 2009 | 06h11

Policiais revistavam um homem no portão do tribunal da cidade quando ele detonou os explosivos que estavam em seu corpo. No local ficaram várias motocicletas destruídas. Bombeiros jogavam água num carro em chamas.

Um médico informou que 16 corpos haviam sido levados ao hospital da cidade e que 26 pessoas ficaram feridas. Pelo menos três dos mortos seriam policiais. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Paquistão violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.