Homem-bomba mata 7 perto de mesquita no Afeganistão

Dois homens-bomba fizeram um ataque a pessoas que saíam de um festival muçulmano no norte do Afeganistão neste domingo, informou Lal Mohammad Ahmadzai, porta-voz da polícia local. Um deles detonou os explosivos e matou mais sete pessoas, incluindo dois comandantes da polícia, mas o segundo homem foi capturado antes de explodir.

AE, Agência Estado

06 de novembro de 2011 | 09h13

O ataque ocorreu do lado de fora de uma mesquita nos arredores da cidade de Old Baghlan, enquanto as pessoas se cumprimentavam pelo início do Eid al-Acha, o Festival do Sacrifício. Ao menos 18 outras pessoas foram hospitalizadas com ferimentos decorrentes da explosão. Um dos comandantes da polícia mortos era um líder local conhecido, chamado Abdul. Nenhum grupo reivindicou o ataque até agora.

Separadamente, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) informou que um de seus homens foi morto após um ataque insurgente no sul do país ontem. A morte eleva para 494 o número de tropas da coalizão mortos no país até agora neste ano. A Otan não forneceu maiores detalhes sobre o ocorrido. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
terrorismoAfeganistãoOtanviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.