Homem de Bush na ONU pode ser o próximo a cair

O embaixador americano na ONU, John Bolton, deve ser o próximo alto funcionário do governo de George W. Bush a perder o emprego após a vitória democrata nas eleições parlamentares dos Estados Unidos. O primeiro a cair depois da derrota republicana foi o secretário de Defesa, Donald Rumsfeld. O governo deseja manter Bolton, mas ele ainda precisa ser confirmado pelo Senado, agora dominado por democratas. Senadores influentes já declararam que a nomeação de Bolton pode não acontecer. Ele foi nomeado em agosto de 2005 durante um recesso do Congresso, no que foi visto como uma manobra do governo para adiar a confirmação de seu nome para o final deste ano. O presidente Bush pediu formalmente que o Senado confirme o nome de Bolton. No entanto, senadores que se opunham a nomeação de Bolton, incluindo um republicano, não mudaram de posição. Com a posse dos novos senadores democratas em janeiro, a perspectiva da continuidade de Bolton no cargo parece nula. Outra mudança significativa é no Comitê do Senado para o Meio Ambiente, no qual um republicano que se recusava a aceitar que o aquecimento global seria conseqüência da ação do homem está sendo substituído por um democrata que declarou que a questão é um dos maiores desafios dos nossos tempos.

Agencia Estado,

10 Novembro 2006 | 10h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.