Homem de confiança de Mubarak deixa a prisão

Um oficial de segurança do Egito disse que um dos principais assessores do líder deposto Hosni Mubarak foi libertado da prisão e espera novas investigações sobre acusações de corrupção. Safwat el-Sherif, o ex-representante do parlamento nacional, saiu da prisão na quinta-feira, afirmou a fonte, que preferiu não se identificar porque não estava autorizado a falar com a imprensa.

AE, Agência Estado

08 de fevereiro de 2013 | 03h37

El-Sherif, que também serviu como ministro da Informação por duas décadas e dirigiu o Partido Nacional Democrático, que controlava o governo, passou quase 18 meses na prisão. Ele era um dos homens fortes de Mubarak.

O ex-ministro está em uma longa lista de outros assessores do ex-governante - empresários, ministros, entre outros - que foram julgados e enfrentam acusações de corrupção. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitoMubarak

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.